top of page

Desmoronamento de Terra nas Margens do Rio Mapuera Deixa Habitantes Assustados

Atualizado: 8 de jul. de 2023


Desmoronamento de terra no rio Mapuera

Causa preocupação: água barrenta do rio Mapuera atinge aldeias indígenas e comunidades quilombolas


A coloração amarelada da água do rio Mapuera, foi vista pelos povos indígena da região pela primeira vez no sábado, dia 28 de maio de 2022. A água com a coloração incomum teve como destino as "cabeceiras" a montante do rio Mapuera. A medida que a água percorria rio abaixo, causou preocupação, tanto para as aldeias indígenas (Bateria, Mapuera, Paraiso, Tawanã) quanto para os ribeirinhos, povos quilombolas como a vila de Cachoeira Porteira e até mesmo a cidade de Oriximiná. A situação estava tão preocupante que o órgão da Fundação Nacional dos Índios (FUNAI) foi acionado para averiguar o ocorrido.


Publicidade


LEITA TAMBÉM



Suspeita de desmoronamento de terra e atividades ilegais de garimpo causam preocupação e aflição entre moradores da região


Logo de início, as primeiras hipóteses dos moradores da região foi de que poderia ter acontecido um desmoronamento de terra ou atividades ilegais de garimpo rio acima, o que estava causando a mudança na coloração e a contaminação do rio. Uma vez que, diversos peixes estavam sendo encontrados nas margens do rio, causando aflição e preocupação as pessoas. Considerando que, a qualquer momento a água barrenta poderia chegar nos povoados a jusante, visto que o rio Mupuera é afluente do rio Trombetas.


Publicidade


Contaminação do rio Mapuera causando preocupação e aflição entre moradores da região


Em algumas aldeias, como a Bateria, muitas pessoas ficaram sem água para beber devido no início não saberem a causa principal da coloração da água, que estava causando a morte de muitos peixes nativos como (peixe-cachorro, peixe-cana, peixe-camunãni, entre outros).


Desabamento de serra é diagnosticado como causa da coloração estranha na água do rio Mapuera


No entanto, a origem desconhecida da coloração estranha na água foi diagnosticada após uma equipe de técnicos e especialistas da Mineração Rio do Norte (MRN) e da Secretaria Municipal de Meio Ambiente de Oriximiná (SEMMA), sobrevoarem de avião a região do ocorrido. Assim, ficou compreendido que o motivo da água barrenta foi desabamento de uma grande parte do solo de uma serra as margens do rio Mapuera. O desabamento foi tão grande que fechou um trecho do rio.


Desabamento de solo causa catástrofe ambiental no rio Mapuera


Apesar de terem encontrado a origem dessa catástrofe ambiental, os moradores nunca registraram algo dessa magnitude na localidade. O que causou susto e preocupação alarmante a todos. Exceto o Sr. Francisco Alves da Silva de mais de 70 anos de idade que disse:


Publicidade


"Lá pro lado de Bateria ai pra cima muitas vezes acontece deslizamento de barranco, de serra alta de coisa assim, e pode ter sido isso, excesso de chuva e a região que tem muita pedra deve ter desmoronado ou deslizado barranco de terra devido muita água, muita chuva deve ter caído no rio. Mas isso ai tem que ver, se aqui uns dois dias vai passar se ela vai limpar. Por que a tendência mesmo e que ela fique limpa lá para cima. Se ela continuar, ai gente já pode desconfiar que seja garimpo. Mas mesmo assim na "maraca" só se for muito homem garimpando pra tá uma proporção dessa. Acho que mais deslizamento de terra. Outra coisa essa água não vai chegar suja ai em Cachoeira Porteira ela vai se desfazer quando ela chegar lá pelo Mapuera, aldeia do Inajá ela já vai está limpa e normal como as outras águas dos rios ela vai espalhando e vai limpar. Não se preocupem ela não vai ficar barrenta até a Cachoeira. No meu ponto de vista e pelos meus conhecimentos dessas coisas ai, eu já estou com 70 e pouco anos de idade já trabalhei muito em garimpos, só se for muito homem, 10 mil homes garimpando que vai acontecer uma situação dessa ai de sujar o rio. Mas está mais para desmoronamento mesmo"

Desabamento de serra causa catástrofe ambiental no rio Mapuera


Apesar do ocorrido, é preciso lembrar que vivenciamos uma das maiores enchentes já vistas no rio Trombetas e seus afluentes nos últimos anos. E isso pode ser o principal motivo do acontecimento. Uma vez que, as águas das corredeiras dos rios ficam mais fortes e violentos nessa época de chuva.

Publicidade

Para mais informações sobre o deslizamento de terra ocorrido nas proximidades da Aldeia Mapuera (TI Nhamundá Mapuer). Leia o relatório criado pelo Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio).


ANEXO - Baixe aqui o PDF

Relatorio_Deslizamento_rioMapuera (1)
.pdf
Fazer download de PDF • 1.17MB

VÍDEO SOBRE O ACONTECIMENTO


Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating